sábado, 30 de abril de 2011

Eternidade - Paulo Leminski


"Abrindo um antigo caderno foi que eu descobri:
Antigamente eu era eterno."


Obsessões - Fernanda Mello

"Um brinde as nossas obsessões,
e aos momentos divertidos que elas nos proporcionam."

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Respingos de Humor


diretamente do blog: http://malvadas.org/
blog só para maiores ! rsss rsss

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Minha ternura - Manuel Bandeira

"Escuta, eu não quero contar-te o meu desejo
Quero apenas contar-te a minha ternura"

Tristeza momentânea - Caio F Abreu

(...) Você pode dizer que isso tem sido freqüente demais,
ou até um pouco (ou muito) chato.
Mas, que se há de fazer, se eu estava mesmo muito triste?
Tristeza-garoa, fininha, cortante, persistente,
com alguns relâmpagos de catástrofe futura.
Projeções: e amanhã, e depois? e trabalho, amor, moradia?
Alinhar ao centroo que vai acontecer?
Típico pensamento-nada-a-ver: sossega, o que vai acontecer acontecerá.
Relaxa, baby, e flui: barquinho na correnteza, Deus dará."

Sinceridade - Nietzshe


Fiquei magoado, não por me teres mentido, mas por não poder voltar a acreditar-te.


O Anjo mais velho - O Teatro Mágico

"O dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minh'alma d'aquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar


Composição: Fernando Anitelli

Arrojo - Isaac Newton




Nenhuma grande descoberta jamais foi feita sem
uma suposição arrojada”

terça-feira, 26 de abril de 2011

Os mistérios - Jostein Gaarder


- O pequeno lago transformou-se para ela num oceano infinito,
não porque fosse grande e profundo,
mas por causa de seus milhares de detalhes cintilantes
e por suas ondas de formas e tamanhos fascinantes.
Sofia entendeu que poderia ficar observando este pequeno lago pelo resto de sua vida
e ainda assim ele continuaria sendo um mistério indecifrável para ela.

in "O mundo de Sofia"

Até onde as palavras dão conta, é assim que me descrevo - Danielle Pykocz

Se falo pouco é porque o silêncio não me incomoda. Eu gosto mesmo é de ficar ali sentada ao teu lado, ouvir o que você fala, ou apenas sentir a sua respiração... A sua presença sem palavras me basta. Das palavras, eu muitas vezes duvido! Posso duvidar se você disser que me ama, mas vou acreditar se me abraçar. Acredito é no seu olhar, em tudo o que faz ou deixa de fazer. Penso muito! São milhares de pensamentos por segundo, se eu me distrair eles passam e nem percebo. Em fração, sou boa parte sentimento e sentidos (muito além dos cinco). Apaixono-me pelo mais tenro sorriso e não me incomoda que você erre, eu erro! Acho graça nisso tudo...

Raramente vou gastar nosso tempo falando sobre mim, não há muito que se dizer além daquilo que escrevo agora. Você provavelmente nunca vai me conhecer se não sentar aqui do meu lado e tomar um porre de silêncio, se não passar um bom tempo comigo e prestar muita atenção em tudo aquilo que não tenho para dizer! Não sou nada muito além do silêncio, gramaticalmente falando, eu sou elipse! É na pausa entre uma palavra e outra que cabe a respiração e tudo o que há em mim.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

As mulheres e a política - Jostein Gaarder

E é bom lembrar que ele achava que as mulheres eram tão capacitadas
quanto os homens para governar.
Isto porque os governantes deveriam dirigir a cidade-estado com a RAZÃO.
Platão acreditava que as mulheres tinham a mesma razão que os homens,
bastando para isto que recebessem a mesma formação que os homens
e fossem liberadas do serviço de casa e da guarda das crianças.

in "O mundo de Sofia"

Gerencie seus pensamentos - Augusto Cury

O que você pensa determina o que você sente.
O que você sente determina o que você registra em sua memória.
O que você registra determina os alicerces de sua qualidade de vida.
Quem quer cuidar da sua saúde psíquica,
deve em primeiro lugar gerenciar o que pensa.

sábado, 23 de abril de 2011

Você e o mundo - Ghandi

” Não tente adivinhar o que as pessoas pensam a seu respeito.
Faça a sua parte, se doe sem medo.
O que importa mesmo é o que você é.
Mesmo que outras pessoas não se importem.
Atitudes simples podem melhorar sua vida.
Não julgue para não ser julgado.
Um covarde é incapaz de demonstrar amor
- isso é privilégio dos corajosos.”

Acredito no bem - Caio F Abreu

"Eu sei que vou. Insisto na caminhada. O que não dá é pra ficar parado.
Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, eu tiro um arco-íris da cartola.
E refaço. Colo. Pinto e bordo.
Porque a força de dentro é maior.
Maior que todo mal que existe no mundo.
Maior que todos os ventos contrários.
É maior porque é do bem. E nisso, sim, acredito até o fim.
O destino da felicidade, me foi traçado no berço"

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Êxtase - Anais Nin

"Nego-me a viver em um mundo ordinário,
como uma mulher ordinária,
a estabelecer relações ordinárias.
Necessito o êxtase.
Não me adaptarei ao mundo.
Me adapto a mim mesma.”

A passagem - Cecília Meirelles

Não sejas o de hoje.
Não suspires por ontens...
não queiras ser o de amanhã.
Faze-te sem limites no tempo.
Vê a tua vida em todas as origens.
Em todas as existências.
Em todas as mortes.
E sabes que serás assim para sempre.
Não queiras marcar a tua passagem.
Ela prossegue:
É a passagem que se continua.
É a tua eternidade.
És tu.

No meu canto - Marina Colassanti

"Eu fico no meu canto e não me exponho embora ponha a alma na janela.
Eu fico de vigília e não me espanto mas cuido de observar e às vezes canto."

Sol !!! - Érico Veríssimo

(...) Como é boa a vida, meu Deus!
E este sol, este sol, este sol!

in "Clarissa"

Opressão - Fernando Pessoa


Quer pouco: terás tudo.
Quer nada: serás livre.
O mesmo amor que tenham
Por nós, quer-nos, oprime-nos.

in “Poesia completa de Ricardo Reis"

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Descobertas - Gabriel Garcia Márquez

"Descobri que minha obsessão por cada coisa em seu lugar,
cada assunto em seu tempo, cada palavra em seu estilo,
não era o prêmio merecido de uma mente em ordem, mas, pelo contrário,
todo um sistema de simulação inventado por mim para ocultar a desordem de minha natureza. Descobri que não sou disciplinado por virtude,
e sim como reação contra minha negligência;
que pareço generoso para encobrir minha mesquinhez,
que me faço passar por prudente quando na verdade sou desconfiado e sempre penso o pior;
que sou conciliador para não sucumbir às minhas cóleras reprimidas,
que só sou pontual para que ninguém saiba como pouco me importa o tempo alheio.
Descobri, enfim, que o amor não é um estado da alma e sim um signo do zodíaco."

Da importância das coisas - Jostein Gaarder

Talvez a nossa própria vida influencie o modo como percebemos as coisas num recinto.
Se uma coisa não me é importante,
é provável que eu nem a perceba.

in "O mundo de Sofia"

Busca da perfeição - Antoine Saint-Exupéry

"Em tudo na vida a perfeição é finalmente atingida,
não quando nada mais existe para acrescentar,
mas quando não há mais nada para retirar."

Descaminhos - Caio F Abreu

“Às vezes o que parece um descaminho
na verdade é um caminho inaparente
que conduz a outro caminho melhor.”

Encontros - Ana Jácomo

Quando o encontro é bom e tem lume não tem porta de saída:
é pra sempre, de um jeito ou de outro,
no coração.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Das nossas responsabilidades... Adélia Nenevê

Tudo bem que somos seres humanos, e nossa natureza não nos permite sermos "iguais",
mas tanta diferença entre nossa espécie muitas vezes me leva a refletir ...
Diz a literatura e a vida me provou isso;
que depois que temos filhos, naturalmente nos tornamos mais responsáveis,
sabemos que de nós depende outro ser,
e nosso comportamente naturalmente muda e amadurece.
Se isso for considerado "normal" , sem querer estou dentro !
O que não consigo entender é a falta de responsabilidade de algumas pessoas,
o comportamento e certas atitudes que eu como mãe e responsável por um filho
em hipótese nenhuma teria,
lamento o mau exemplo que esses seres inocentes estão tendo;
espero que um dia essas mães acordem e assumam suas responsabilidades.

Ser mãe não é colocar um filho no mundo, isso qualquer uma faz, ser mãe vai mais além...
Ser mãe é cuidar, tomar para si e doar-se, antes de tudo !

Respingos de Humor



Sem comentários .... rsss rsss

Amando ainda mais - Carpinejar

Ao amar, busco dados que só servem para amar ainda mais.
Não poderei dizer o que me arrebata,
senão os silêncios dela se cumprindo sem me perguntar.

in “O Amor Esquece de Começar”

terça-feira, 19 de abril de 2011

Esta adolescência - Paulo Leminski

"Quando eu tiver setenta anos
então vai acabar esta adolescência
vou largar da vida louca
e terminar minha livre docência
vou fazer o que meu pai quer
começar a vida com passo perfeito
vou fazer o que minha mãe deseja
aproveitar as oportunidades
de virar um pilar da sociedade
e terminar meu curso de direito
então ver tudo em sã consciência
quando acabar esta adolescência."

Obstáculos - Kafka

As forças do homem não são concebidas como uma orquestra.
No homem é necessário que todos os instrumentos toquem constantemente
com toda a sua força.
Não foram destinados a ouvidos humanos e não dispõem da duração de uma noite de concerto durante o qual cada instrumento pode esperar para se fazer valer.
Por vezes parece que as coisas serão assim: tu tens tal tarefa a cumprir,
dispões de tantas forças quantas são necessárias para a levar a bom termo
(nem muito, nem pouco, sem dúvida te é necessário concentrares-te,
mas não tens que estar ansioso), com bastante tempo teu e boa vontade para o trabalho,
onde está o obstáculo ao êxito da imensa tarefa?
Não percas tempo a procurá-lo, talvez não exista.



segunda-feira, 18 de abril de 2011

Aprendendo com as crianças - Paulo Leminski

"Nesta vida pode-se aprender três coisas de uma criança:
Estar sempre alegre,
nunca ficar inativo,
e chorar com força por tudo aquilo que se quer."



Foto: Meu filho Eduardo com seu amiguinho José Victor.


Acreditar - Brena Braz

Acredito que as pessoas aprendem com os próprios erros e com o tempo.
Acredito também que quem traiu uma vez e foi perdoado vai trair de novo.
Acredito que aquelas pessoas que vivem falando mal dos outros
vão falar mal de você com esses outros.
Acredito que as pessoas só mudam por vontade própria e nunca pelo pedido de outra pessoa.
Acredito que tudo que eu acredito hoje vai mudar com o tempo.
E que, no futuro, talvez, eu acredite em menos coisas.
Ou em nada mais.

Respingos de Humor



Tem horas que só boas doses de Humor prá levantarem nosso astral.

Por essa razão resolvi postar minhas tirinhas favoritas aqui no blog;
como diz um ditado antigo:
por trás de uma brincadeira inocente há sempre um fundo de verdade !
tá na hora de descontrair um pouco ! hehehehehehe

sábado, 16 de abril de 2011

Apesar de - Ana Jácomo

Não é raro, tropeço e caio.
Às vezes, tombo feio de ralar o coração todinho.
Claro que dói mas tem uma coisa:
a minha fé continua em pé.

Superação - Ana Jácomo

Depois de cada momento de fraqueza,
meu coração prepara, em silêncio,
uma nova fornada de coragem.

Às vezes cansa, sim,
mas combinamos não desistir da força
que verdadeiramente nos move.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

O Trabalho - Trigueirinho

“Por meio do trabalho as mãos dos homens
podem dar forma à vontade divina,
construir a beleza e a harmonia,
mover-se com graça e perfeição,
ser instrumentos de espíritos criadores sublimes”.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Nem todos querem o nosso mal - Adélia Nenevê


Quando estamos numa "confusão mental" ou não estamos numa situação muito favorável sem perceber acabamos deixando transparecer; e as pessoas mais próximas, na ânsia de te ajudarem acabam emitindo opiniões e você mesmo sabendo que elas tem razão ( muitas vezes sem analisar o que estão lhe falando) omite e tenta não ver.
Aí o tempo passa... as coisas não mudam e você acaba lembrando daquilo "que as pessoas falaram", e o que parecia não ter fundamento acaba tendo todo sentido.
Numa reflexão profunda cheguei a conclusão: Quando uma pessoa só fala, pode ser que não esteje certa. Mas comece a pensar melhor, quando três ou mais pessoas falarem a mesma coisa, elas merecem seu crédito, pense melhor no que lhe falaram, analise a situação sob outra ótica, como se olhasse de fora.

Faça este exercício e veja se elas não tem razão !
Nem todo mundo quer o seu mal, preste atenção nos sinais que a vida emite !

O menino que carregava água na peneira - Manoel de Barros

Tenho um livro sobre águas e meninos.
Gostei mais de um menino
que carregava água na peneira.

A mãe disse que carregar água na peneira
era o mesmo que roubar um vento e sair
correndo com ele para mostrar aos irmãos.

A mãe disse que era o mesmo que
catar espinhos na água
O mesmo que criar peixes no bolso.

O menino era ligado em despropósitos.
Quis montar os alicerces de uma casa sobre orvalhos.
A mãe reparou que o menino
gostava mais do vazio do que do cheio.
Falava que os vazios são maiores
e até infinitos.

Com o tempo aquele menino
que era cismado e esquisito
porque gostava de carregar água na peneira

Com o tempo descobriu que escrever seria
o mesmo que carregar água na peneira.

No escrever o menino viu
que era capaz de ser noviça, monge ou mendigo
ao mesmo tempo.

O menino aprendeu a usar as palavras.
Viu que podia fazer peraltagens com as palavras.
E começou a fazer peraltagens.

Foi capaz de interromper o vôo de um pássaro
botando ponto final na frase.

Foi capaz de modificar a tarde botando uma chuva nela.

O menino fazia prodígios.
Até fez uma pedra dar flor!
A mãe reparava o menino com ternura.

A mãe falou:
Meu filho você vai ser poeta.
Você vai carregar água na peneira a vida toda.

Você vai encher os
vazios com as suas peraltagens
e algumas pessoas
vão te amar por seus
despropósitos.



PS - Talvez a solução prás nossas aflições esteja em "escrever" - dar vasão ao sentimentos,
vou fazer disso uma terapia!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Espiritualidade - Mimi Doe


"A espiritualidade é a base a partir da qual nascem a auto-estima,
os valores, a ética e a sensação de fazer parte de algo.
É a espiritualidade que determina o sentido e o significado da vida"

Chega de saudade - Vinícius de Moraes


Vai, minha tristeza, e diz a ela
Que sem ela não pode ser
Diz-lhe, numa prece, que ela regresse
Porque eu não posso mais sofrer

Chega de saudade, a realidade é que sem ela
Não há paz, não há beleza
É só tristeza e a melancolia
Que não sai de mim, não sai de mim, não sai

Mas, se ela voltar, se ela voltar
Que coisa linda, que coisa louca
Pois há menos peixinhos a nadar no mar
Do que os beijinhos que eu darei na sua boca

Dentro dos meus braços
Os abraços hão de ser milhões de abraços
Apertado assim, colado assim, calado assim
Abraços e beijinhos e carinhos sem ter fim

Que é pra acabar com esse negócio de viver longe de mim
Não quero mais esse negócio de você viver assim
Vamos deixar desse negócio de você viver sem mim.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Liberte-se - Augusto Cury

"Saiba que o maior carrasco do ser humano é ele mesmo.
Não seja escravo dos seus pensamentos negativos.
Liberte-se da pior prisão do mundo: o cárcere da emoção.
O destino raramente é inevitável, mas sim uma escolha.
Escolha ser um ser humano consciente, livre e inteligente."

Postura de vida - Augusto Cury

"Às vezes não possuimos grandes bens materiais,
mas somos miseráveis,
pois nos especializamos em reclamar e valorizar o que nos falta
e não nos alegrar pelo que temos e somos.
A sensibilidade depende de nossa visão e postura de vida."

Intensidade do amor - Augusto Cury

"Em alguns momentos, eu a decepcionarei,
em outros você me frustrará,
mas, se tivermos coragem para reconhecer nossos erros,
habilidade para sonharmos juntos
e capacidade para chorarmos
e recomeçarmos tudo de novo tantas vezes quantas forem necessárias,
então nosso amor será imortal."

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Sem escolha - Nelson Rodrigues

No amor, não escolhemos certo ou errado.
Pois nem sequer escolhemos...

A alegria - Guimarães Rosa


"Se todos fossem ficando tristes, mais tristes,
todos se acabavam em ruindade (...).
Alegria tinha que ser chamada à força.
Era preciso chamar a alegria,
como se chama a chuva, na desgraça
ou numa seca demorada."




terça-feira, 5 de abril de 2011

Lembranças - Carpinejar


"(...) Gostar é não devolver, é se endividar de lembranças."

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Sim e Não - Ghandi


"Um NÃO dito com convicção é melhor e mais importante
que um SIM dito meramente para agradar,
ou, pior ainda, para evitar complicações."

Filósofos e crianças - Jostein Gaarder



"Para as crianças, o mundo - e tudo o que há nele - é uma coisa nova;
algo que desperta a admiração.
Nem todos os adultos vêem a coisa dessa forma.
A maioria deles vivencia o mundo como uma coisa absolutamente normal.
E precisamente neste ponto os filósofos constituem uma louvável exceção.
Um filósofo nunca é capaz de se habituar completamente com este mundo.
Para ele ou para ela o mundo continua a ter algo de incompreensível,
algo até enigmático, de secreto.
Os filósofos e as crianças têm, portanto, uma importante característica comum.
Podemos dizer que um filósofo permanece a vida toda tão receptivo e sensível
às coisas quanto um bebê."


in "O mundo de Sofia - Pág. 30"

domingo, 3 de abril de 2011

Crenças - Hermann Hesse

Não creio ser um homem que saiba.
Tenho sido sempre um homem que busca,
mas já agora não busco mais nas estrelas e nos livros:
começo a ouvir os ensinamentos
que meu sangue murmura em mim.