quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Amor e renúncia - Danuza Leão

Comecei a desconfiar que o amor não é tudo;
até é,
enquanto se está amando, mas
para viver uma paixão,
é preciso renunciar à própria vida,
uma opção perigosa que não costuma ser eterna."



in Quase Tudo - pág.09

2 comentários:

alessandragoncalves08 disse...

Adélia, novamente quero te elogiar pelo trabalho neste blog. Acesso quase que diariamente! Posso dizer que até me acomodei um pouco nas minhas pesquisas, pois sei que aqui vou encontrar o que procuro. Sua disposição é admirável, sem falar na sensibilidade das escolhas. Você também escreve? Bj! Ale

Sonia Schmorantz disse...

Frontalmente verdadeiro, que assumir esta afirmação assusta...
beijos