terça-feira, 28 de setembro de 2010

Um instante - Ferreira Gullar


Aqui me tenho
Como não me conheço
nem me quis

sem começo
nem fim

aqui me tenho
sem mim

nada lembro
nem sei

à luz presente
sou apenas um bicho
transparente

3 comentários:

Rob Novak disse...

"à luz presente
sou apenas um bicho
transparente"

Legal. Interessante escolha esse poema.

Abraço.

Leonardo B. disse...

[uma viagem ao final da rua mais interior]

um imenso abraço,

Leonardo B.

Pérola Anjos disse...

E ainda assim exalas tanta luz!

Beijos!