segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Impulso - Hermann Hesse

Tem ansiado abandonar este tempo, este mundo, esta realidade,
e entrar numa outra realidade que lhe seja mais adequada, num mundo intemporal.
Pois faça-o, meu amigo, eu o convido a este.
Você já sabe onde se oculta esse outro mundo,
já sabe que esse outro mundo que busca é a sua própria alma.
Só em seu próprio interior vive aquela outra realidade por que anseia.
Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo,
não posso abrir-lhe outro mundo de imagens além daquele que há em sua própria alma.
Nada lhe posso dar, a não ser o impulso, a chave.
Eu o ajudarei a tornar visível seu próprio mundo, e isso é tudo.


in O lobo das Estepes

2 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Está em nós mesmos descobrir o que nossa própria alma esconde...
beijos

El Brujo disse...

Clarice fica bem melhor, dita por você... inspirador